Super Mario Bros 3


Nome: Super Mario Bros 3
Plataforma: NES e SNES (All-Stars)
Gênero: Platformer
Desenvolvedora: Nintendo
Versão Jogada: SNES

   Pela primeira vez, o Reino do Cogumelo está passando por uma fase de paz, graças a Mario e Luigi. Mas esse reino tem uma passagem para o Mundo dos Cogumelos, onde as coisas se complicam um pouco. Bowser enviou seus sete filhos para esse mundo, onde eles roubam os cetros mágicos dos reis de cada país e os transformam em animais. A missão de Mario e Luigi é recuperar esses cetros e fazer com que tudo volte ao normal. Ao longo dessa jornada, a Princesa Peach se comunica com eles através de cartas e lhes dá recompensas após cada cetro recuperado. Será que o encanador italiano conseguirá fazer com que a paz reine nesse mundo novamente?


Mário? Que Mário?

   Bem, a história é essa. O jogo é dividido em mundos, como sempre e possui um mapa, como no Super Mario World. Cada mundo possui alguns bônus, como a casa de cogumelo, onde você escolhe entre três baús para ganhar um item, um bloco em que você tem que organizar as três partes de um desenho (uma estrela, uma flor ou um cogumelo) para ganhar vidas (estrela=cinco, flor=três e cogumelo=duas) e toda vez que você atingir 80 mil pontos, aparecerá um jogo da memória com itens do jogo. Cada item que você acertar será adicionado pra você.  

Mapa do mundo 1. Você pode perceber a casinha de cogumelo e o lugar onde você pode ganhar vidas extras. É aquele com o naipe de espadas.
   Aquele bichinho amigo perto do castelo do rei é o irmão Martelo. No mundo 1, você deve enfrentar apenas um deles. Após você tê-lo derrotado, ele te dará um item como recompensa. (No caso desse mundo, sempre será uma estrela, mas isso não vem ao caso.)
   Esse castelo com o balãozinho de ajuda é seu objetivo. Ele na verdade é um barco, e nessa fase a tela anda com (ou sem) você. Caso você fique pra trás, você morre (duh). Ao final da fase, sempre haverá um túnel, onde você deve entrar para lutar com um dos filhos de Bowser. Pise três vezes nele e BAM, ganhou o cetro. Sim, é tão fácil quanto parece.
   Neste jogo, o Mário pode ser Mário com florzinha, como nos outros, Mário Guaxinim (quando pega a folhinha, o que permite que ao correr e ganhar velocidade ele consiga voar por um certo tempo), Mário Tanooki (quando pega um ursinho, que tem a mesma função do Guaxinim), Mário Martelo (quando ele ganha o item que permite que ele jogue martelos por aí) e Mário Sapo (item sapo que dá mobilidade na água). Além dos itens que atuam diretamente na forma do Mário, há outros como o P-Switch, que te transforma em guaxinim e permite que você voe até o fim da fase (contanto que nenhum inimigo te faça perder dano), uma nuvem que permite que você pule de fase, uma caixinha de música que faz com que o irmão Martelo/Boomerangue adormeça e uma âncora, que não lembro pra quê serve.
   O mundo 2 é no deserto. Tem tijolinhos que te atacam, areia movediça e um solzinho chato numa fase específica. À medida que você passa de mundo, os barcos finais vão ficando mais difíceis. (Mas os filhos do Bowser são sempre a mesma coisa, com um poderzinho extra aqui e ali, mas é só ter o mínimo de coordenação motora pra tirar de letra.)
   O mundo 3 é aquático. Em outras palavras, a desgraça. Tem peixes que se encostarem em você te matam (a não ser por baixo), um peixão maior que literalmente TE COME, não importa se você estiver grande ou não, e é claro, a água, que deixa tudo mais chato e lento. Porém, se for uma fase completamente debaixo d'água, aconselho que use o item de roupa de sapo, que faz com que o Mário se mova com a mesma facilidade terrestre embaixo d´água, além de ser fofo, aw.

Mundo aquático GRRRRRRR
   Os mundos 2 e 3 são os piores na minha opinião. Sério, que saco. Na minha tentativa de masterizar esse jogo zerando sem morrer nenhuma vez, eu falhei no mundo 3. MALDITO PEIXÃO. Ok, lágrimas à parte, prosseguirei com os detalhes técnicos, chega de spoiler. 
   Embora seja um jogo 2D, é muito bonito (lindo, na minha opinião o mais bonito dos Mários) e como é um característico platformer, te prende por horas e horas jogando. A trilha sonora é muito divertida, inclusive tenho todas as 30 músicas no meu celular. Eu acho bem fácil esse jogo, embora Monkey e ffao tenham dito que o Mário é muito escorregadio. ISSO É VELOCIDADE, AMIGOS LENTOS. Uma coisa que não gosto nesse jogo é que não dá pra jogar com o Luigi, quem eu prefiro em larga escala ao Mário. Ele é alto, tem roupa verde e é lindo, poxa. Joguei esse jogo durante toda minha infância, mas nunca tinha zerado. É meio decepcionante saber que seu jogo preferido tem fim e que você já viu tudo que tinha nele, mas é a vida. Estou feliz por ter zerado e triste por ter acabado.

O céu. Meu mundo preferido.
NOTA: 9/10 (Se desse pra jogar com o Luigi seria 10)

DICAS: Antes de sair do mundo 1, há alguns segredos que você deve saber. Existem três apitos escondidos no jogo, que uma vez capturados, podem ser usados a qualquer momento do jogo (exceto dentro de alguma fase, é claro) e te transportam para outro mundo. Se você está no mundo 1, ele te leva para o mundo 2, 3 ou 4. Se estiver nos mundos 2, 3 ou 4, ele te leva para o 5, 6 ou 7. Se estiver no 7 ou no 9 (a zona de troca de mundos é considerada o mundo 9), ele te leva para o mundo 8. Mas, ONDE conseguir tais apitos? VOU CONTAR PRA VOCÊS AMIGOS. O primeiro deles eu só descobri no mundo ~6, quando a Princesa Peach me contou em uma de suas cartas. OBS.: o maldito apito tá no mundo 1, e é impossível voltar para algum mundo sem os apitos. Ok, vamos lá. Esse apito está na fase 3 do mundo 1. Para pegá-lo, você deve ir pra trás do cenário e correr até o fim da fase. Irá aparecer uma tela igual à de quando você entra na casa do cogumelo, exceto por ter apenas um baú. Para ir pra trás do cenário, se posicione em cima de um bloco BRANCO e fique agachado até cair no chão. Ta-dam! Você está atrás do cenário. Agora é só correr pro abraço (ou pro fim da fase). Mas cuidado: embora você esteja atrás do cenário, os bichos que estão na frente dele ainda te atacam.

Isso só funciona nos blocos brancos hein amigos.
   O segundo apito também está no mundo 1, dessa vez no castelo. Para pegá-lo é só pegar o primeiro quadrado que dá cogumelo/flor, e não levar dano até chegar ao segundo, que será uma folha. Você deverá correr no espaço que estiver, ganhar velocidade e voar para cima, até chegar num lugar onde você possa andar para o lado. Aí você anda até o fim, e embora você não veja, você chegou numa porta. Aperte pra cima e entrará nela. Vai chegar num lugar com o mesmo baú de recompensas; apito de novo.
   Bem, você nem precisa pegar o outro apito se não quiser, com dois você já consegue ir para o mundo 8 direto. Mas vou contar mesmo assim porque sou legal. Ele fica no mundo 2, depois da fase 6. Você precisa enfrentar o irmão Martelo para ganhar um martelo (LOL). Esse martelo deverá ser usado nas pedras do CANTO SUPERIOR DIREITO da tela, não use em outro lugar. Se usar, não conseguirá outro martelo para chegar ao apito. Tá, quebrou a pedra certa, descobriu uma área nova, beleza. Você vai encontrar uma casa de cogumelo pra um bônus e...os irmãos de fogo. Mesmo esquema dos irmãos Martelo ou Boomerangue, só que eles cospem fogo, obviamente. São um pouquinho mais difíceis, mas não vale nem perder vida com eles, dá pra matar de primeira. A recompensa que eles vão te dar é o terceiro e último apito.

Área secreta, com uma casa do cogumelo em cima com um M, e os irmãos de fogo embaixo.
    Além disso, existe um bônus muito, muito, mas muito difícil de ser conseguido. É o barco branco com moedas. Para conseguir este barco, você deve estar em um mundo ímpar, ter um número de moedas múltiplo de 11, ter a casa das dezenas do seu score com o algarismo das suas moedas (ex.: 22 moedas, score XXXX2X) e terminar a fase com tempo par. E caso você seja o Doda e esteja pensando que isso é fácil, NÃO É. Não subestime o poder de o marcador de tempo te trollar. Eu consegui porque sou foda, vocês meros mortais vão ter que se esforçar. (Mentira, a primeira vez foi sorte mas nem é tão difícil assim)

BARCO. ALI! PEGA! MOEDAS!




8 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Adorei todas as dicas, principalmente do apito! Vlw

  1. Mary disse...:

    Às ordens :D

  1. Mary disse...:

    Um último comentário: o último bônus não é tão difícil =p

  1. Gêmolas disse...:

    Muito da hora! :D

    O Mário Tanooki (quando pega um ursinho, que tem a mesma função do Guaxinim), quando você aperta pra baixo e depois o botão de pular (se não me engano) vira uma estátua. Pra que serve ela?

  1. Mary disse...:

    Serve pra te defender. Quando um tiro vai te acertar, por exemplo. Se virar essa estátua, não vai diminuir de tamanho

  1. Anônimo disse...:

    Onde posso encontrar esse jogo online?

  1. Anônimo disse...:

    Para que seeve a nuvensinha depois de matar o inmigo do bumerangue

  1. W-chan disse...:

    a nuvem serve pra pular fases. por exemplo. se voce estiver numa faze muito dificil do mapa, pegue a nuvem e avance no mapa, mas cada nuvem so funciona pra uma fase. cuidado se morrer, pois pode voltar de onde estava antes. ao contrario do que disse o artigo, dá sim pra jogar com o Luigi. eu sempre jogo com ele selecionando pra 2 jogadores no inicio do game e dai eu mato o Mario (sou má) e fico só com o Luigi

Postar um comentário